Intolerantes, esquerdistas queimam boneco de Bolsonaro e incentivam a violência

Apesar de todo o discurso de “mais amor”, é sempre a esquerda que engrossa o coro por medidas violentas e anti-democráticas.

Conforme noticiado pelo República de Curitiba, na última manifestação do dia 15, teve até esquerdista pedindo que ‘decepassem a cabeça do presidente’.

Na manifestação de hoje, como não poderia ser diferente, os intolerantes fizeram um boneco de Bolsonaro e tacaram fogo. É muito amor.

É possível perceber que o boneco, inclusive, possui uma mancha de sangue no abdome, uma referência clara à facada dada pelo ex-PSOL Adélio Bispo.