Ex-ministro do PT vira réu por fraudes de R$ 8 bi no BNDES

O ex-ministro Guido Mantega, que comandou a Fazenda nas gestões de Lula e Dilma virou réu na Operação Bullish.

A decisão foi do juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, que aceitou a denúncia contra Mantega e Luciano Coutinho, que foi presidente do BNDES.

A denúncia, os dois estavam envolvidos em desvios no banco público e teriam gerado benefícios indevidos de até R$ 8,1 bilhões em favor da JBS, entre junho de 2007 e dezembro de 2009.

Relacionados:  Caixa-preta do BNDES: Odebrecht recebeu mais de R$ 40 bilhões em repasses

Além dos dois, Victor Garcia Sandri, Gonçalo Ivens Ferraz da Cunha e Sá e Leonardo Vilardo Mantega também se tornaram réus.

Com informação do Renova Mídia.