Deputada esquerdista toma invertida de ministro da Educação e ameaça processar

A deputada Tabata Amaral ameaçou processar o ministro Abraham Weintraub durante uma audiência na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

O embate se deu após Tabata questionar informações dadas por Abraham Weintraub, que prontamente lhe apresentando provas documentais daquilo que havia sido dito por ele.

Sem rebater de fato o conteúdo dos papeis, a deputada não ficou contente com o fato de ter seu número de celular exposto nos documentos e ameaçou processar o ministro.

Relacionados:  Bolsonaro: "Professor tem que ensinar e não doutrinar"

“Estou entrando com um processo por danos morais por distribuir a uma comissão pública prints com o meu número pessoal e da minha equipe. Isso é um constrangimento. Isso não é atitude de um ministro”.

Relacionados:  Novo programa do MEC prevê injeção de R$ 102 bilhões em universidades federais

Com informação da Exame.