Do STF, Cármen Lúcia arquiva inquérito sobre Renan Calheiros

A ministra Cármen Lúcia arquivou uma investigação contra o senador Renan Calheiros.

O inquérito apurou movimentações financeiras suspeitas no valor de R$ 5,7 milhões entre 2002 e 2006.

O pedido de arquivamento ocorreu pela PGR, comandada por Raquel Dodge, não ter conseguido avançar nas investigações.

Relacionados:  Procuradores da equipe de Dodge pedem demissão após conflito com a Lava Jato

Com informação dO Antagonista.