General Heleno sobe o tom e pede “nuvem de bom senso” ao Congresso

O General Augusto heleno, que comanda o Gabinete de Segurança Institucional, o GSI, falou em relação à MP 870 que coloca a gestão de Bolsonaro em risco, aumentando o número de ministérios de 29 para 22.

“É nessas horas que eu espero que o espírito patriótico dos nossos parlamentares entre em vigor, né? Porque, pô, mexer agora nisso aí, voltar pra 29 ministérios… – declarou Heleno. – Risco há. Claro que eu espero que ele não seja um risco provável, mas o risco existe, lógico. Está nas mãos deles. Eu acredito que uma nuvem de bom senso mostre que isso aí é contra tudo o que foi conversado, tudo o que foi tratado, vai ao encontro de 90% dos brasileiros.”

Heleno ainda explicou que é necessário que haja uma reflexão sobre o quão grave pode ser a mudança no país caso a medida não seja votada: “Isso é o tal negócio: há uma alternância de poder, que alguns partidos não admitem, mas há. Tem uma alternância de poder. Então eu sou você amanhã. Então amanhã quando eu precisar defender isso aí, eu não vou ter moral para defender, porque há algum tempo atrás eu fiz o contrário do que tô pregando”.

Com informação dO Globo.