Jean Wyllys, o ‘autoexilado’, diz que atentado contra a vida de Bolsonaro “foi uma farsa”

O psolista Jean Wyllys, que se auto-exilou na Europa, deixando de lado qualquer possibilidade de ir pra Cuba ou Venezuela, usou o Twitter para atacar Jair Bolsonaro.

Wyllys afirmou que o atentado que quase matou Bolsonaro foi uma farsa. Nem é preciso afirmar que Wyllys ‘esqueceu’ de comentar o fato de o agressor ser um ex-psolista.

“Que a PF faça nova investigação (já fez uma e concluiu que o cara agiu sozinho e é louco) e, ao final, pode chegar a nova conclusão analisando imagens do dia: tudo não passou de farsa. O presidente da república deveria exigir investigação rigorosa e isenta. Por que não exige?”

É preciso lembrar que o ator José de Abreu, após fazer acusação semelhante, recebeu um processo do Hospital Albert Einstein.