Deputada do PSOL fará “resistência” em Paris e Genebra

Se tem uma coisa que a esquerda gosta é da boa vida, principalmente se for em viagens regadas ao que o primeiro mundo europeu tem de oferecer.

Com isso dito, a deputada federal Talíria Petrone do PSOL anunciou uma viagem a Paris e na sequencia Genebra. É lá que vai acontecer a “resistência”.

“Embarcando agora para Paris, e depois irei a Genebra. Vamos trocar experiências sobre direitos humanos e denunciar o governador Wilson Witzel na ONU. A luta é internacional.”

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

5 Comentários em Deputada do PSOL fará “resistência” em Paris e Genebra

  1. Em se tratando de PSOL, não tem o que comentar. O povo brasileiro tem que fazer um referendo para acabar com todos os partidos políticos que só atrapalham e promovem a vagabundagem, a corrupção, a anarquia, a orgia nas universidades públicas e tudo que não presta. É muito dinheiro que sai dos cofres públicos pata sustentar um bando de vadios que nunca deveriam estar na política.

    Gente sem noção e sem visão da realidade, viajar para outros países para falar do Brasil. Se tivessem motivos, deveriam resolver dentro do nosso território.

Deixe uma resposta