Manifestação esquerdista termina com confronto e incêndio no Rio de Janeiro

A manifestação esquerdista contra os cortes na Educação, e que na verdade era só mais um motivo para manifestantes gritarem “Lula Livre”, não terminou bem no centro do Rio de Janeiro.

Um ônibus pegou fogo por volta das 20h, na avenida Presidente Vargas, local onde a manifestação esteve concentrada durante o dia.

Pouco tempo antes, um grupo de manifestantes mascarados entrou em confronto com a polícia militar, que retribuiu os ataques com bombas de gás.

Até o momento, não foram divulgadas as causas específicas do incêndio.

Com informação do Estadão.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

3 Comentários em Manifestação esquerdista termina com confronto e incêndio no Rio de Janeiro

  1. EFETIVAMENTE A ESQUERDA É MUITO BURRA !!!
    AS MANIFESTAÇÕES DE OPOSIÇÃO AO GOVERNO BOLSONARO, AMPLAMENTE DIVULGADA PELA MÍDIA COMUNISTA, ESTÁ CONSCIENTIZANDO A POPULAÇÃO BRASILEIRA, DA NECESSIDADE DE UMA INTERVENÇÃO MILITAR DE CARÁTER EMERGENCIAL.

    DEPOIS QUERO ASSISTIR A CHORADEIRA !!!

    ” BRASIL ACIMA DE TUDO …DEUS ACIMA DE TODOS “

  2. veja sr Tenorio o que é esquerda e oque direita e o que é midia comunista, o exercito é uma instituição nacional comandada pelo seu comandante supremo o Presidente da Republica, naso há ainda uma oposiçao a o Sr Presidente , o Ministro da Educação falou de corte e depois mudou de discurso ,eu creio que tem que mudar o ministro d educação de novo , o economista é uma profissao em extinção e ele foi feliz em ter um gancho no governo atual ele nao entende de educação, nao há emergencia , e o exercito nao pode ser exigido como o sr gostaria que fosse , o sr é nazista parece sua ação é tipica de Adolpho hitler , na que haver parcimonia nas açoes , enxame de abelhas nao se pode desesperar

Deixe uma resposta