Governo Bolsonaro aprova programa de demissão voluntária em estatais e vai economizar R$ 2,3 bi

O Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, anunciou hoje programas de demissão voluntária em 7 estatais federais.

Dentre elas estão a Petrobras, que pretende desligar 4.300 funcionários, Correios, com previsão de 7.300 demissões, Embrapa com previsão de 3.000 demissões e Infraero com 600 demissões previstas.

As outras estatais não tiveram o programa de demissão anunciado por motivos estratégicos.

O objetivo é economizar R$ 2,3 bilhões ao ano.

Com informação dO Antagonista.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta