Ciro Gomes se torna réu por ter atacado e ofendido Jair Bolsonaro

Ciro Gomes se tornou réu por ter atacado Jair Bolsonaro durante as eleições de 2018.

A decisão foi do Juiz Richard Francisco Chequini, da 20ª Vara Criminal da Comarca de São Paulo, que aceitou a denúncia de calúnia e difamação de Jair Bolsonaro contra Ciro Gomes.

Relacionados:  Ciro some do mapa depois que seu nome apareceu em lista de propina da Odebrecht

Na época das eleições, Ciro Gomes afirmou durante uma entrevista que Jair Bolsonaro era um “moralista de goela”, e citou um caso no qual o PP, antigo partido de Bolsonaro, recebeu doação da JBS. O fato ficou conhecido pelo fato de Bolsonaro ter devolvido o dinheiro.

Relacionados:  Bolsonaro sobre Moro: "Digno de ser um mito no Brasil. Postura excepcional"

Com informação dO Antagonista.