Ciro Gomes se torna réu por ter atacado e ofendido Jair Bolsonaro

Ciro Gomes se tornou réu por ter atacado Jair Bolsonaro durante as eleições de 2018.

A decisão foi do Juiz Richard Francisco Chequini, da 20ª Vara Criminal da Comarca de São Paulo, que aceitou a denúncia de calúnia e difamação de Jair Bolsonaro contra Ciro Gomes.

Na época das eleições, Ciro Gomes afirmou durante uma entrevista que Jair Bolsonaro era um “moralista de goela”, e citou um caso no qual o PP, antigo partido de Bolsonaro, recebeu doação da JBS. O fato ficou conhecido pelo fato de Bolsonaro ter devolvido o dinheiro.

Com informação dO Antagonista.