Raquel Dodge critica decisão do STF de aceitar redução de pena para condenados por corrupção

Raquel Dodge, a Procuradora-Geral da República, avaliou como “preocupante” o fato do STF ter declarado constitucional o decreto editado por Temer que permite a redução de penas de condenados por corrupção. O decreto foi editado em 2017.

“A medida causa impunidade de crimes graves como os apurados no âmbito da Lava Jato e de outras operações de combate à corrupção sistêmica no país” disse ela.

“Sem justificativa minimamente razoável, amplia desproporcionalmente os benefícios e cria um cenário de impunidade no país.”

Com informação dO Antagonista.