Destemido, Moro apresenta plano de controle de fronteira e dá golpe duro em contrabando

O ministro Sergio Moro segue atuando de maneira exemplar e respeitosa, trazendo soluções para o Brasil. Em seu novo plano, o alvo são os contrabandistas de drogas, de armas, cigarros e o que mais for.

O plano, ainda a ser apresentado ao Ministério da Economia de Guedes, prevê um reforço no controle de fronteira, com a compra de R$ 53,5 milhões em equipamentos.

Além disso, também serão instalados escritórios em órgãos como Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária.

“Para enfraquecer as organizações criminosas, é fundamental fortalecer a fiscalização nas fronteiras. Não adianta só fazer ações em mercados consumidores de drogas e esquecer que o que dá sustentação e poder econômico [das quadrilhas] é o grande volume de drogas e armas que entram pelas fronteiras” explicou Wagner Mesquita, coordenador-geral de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça.

Com informação dO Globo e dO Antagonista.