Defensor de Dilma, diretor de filme que “lacrou” em festival europeu é condenado a devolver R$ 2 milhões

Quem não lembra do “lacre” do elenco do filme Aquarius em Cannes? Ferrenhos defensores de Dilma Rousseff que chamaram o processo legal do impeachment do pior governo da nossa história de ‘golpe’.

Pois bem, o diretor do longa, Kleber Mendonça Filho, foi condenado pelo TCU a devolver R$ 2 milhões captados na Lei Audiovisual para produzir o filme “O Som ao redor” de 2012.

Mendonça ainda tem 30 dias para devolver o dinheiro, mas poderá recorrer. Caso a decisão continue a mesma, sua produtora perderá o direito de participar de editais e programas de incentivo à Cultura.

Com informação do MBLMews.