Juíza Lebbos impõe derrota a Lula e nega visitas ‘religiosas’ fora de horário

A Juíza Carolina Lebbos negou o pedido de Lula para receber “visitas religiosas” com horários que não contemplem os outros presos.

Lula queria receber religiosos uma vez por semana enquanto os demais presos só recebem as visitas de sacerdotes uma vez por mês.

Relacionados:  Ministro da Saúde rebate ataques de Lula: “Estou ao lado dos brasileiros!”

“Não se pode, a pretexto da garantia ao atendimento religioso, buscar burlar o regime de visitação existente no estabelecimento prisional […] O regime de ‘visitas de religiosos’ verificado configurava evidente violação à isonomia em relação aos demais detentos do estabelecimento prisional” disse a juíza.

Relacionados:  Líderes petistas estão estimulando militantes a não aceitar a decisão do Tribunal e podem ser responsabilizados por isso, diz Janaína Paschoal

Com informação dO Antagonista.