Bolsonaro afirma que “fissura” no Exército venezuelano deve derrubar Maduro

O Presidente Jair Bolsonaro afirmou, durante a live de quinta, que Maduro não deve durar muito tempo no poder, pois sua base militar está rachada.

“Há uma fissura no Exército da Venezuela nas patentes mais baixas e a tendência é essa fissura subir e atingir o alto escalão dos generais”.

No entanto, o presidente, ao lado do General Heleno, chefe do GSI, afirmou que a queda não será fácil, pois a alta patente, comprada com altos salários e nefícios, ainda está em parte aliada ao ditador.

“As pressões internacionais podem pouco a pouco mostrar ao pessoal da população civil que ainda não compreendeu a gravidade do problema e principalmente mostrar aos oficiais de alta patente que eles precisam ter o patriotismo, se voltar para trazer a Venezuela de novo para o caminho da liberdade e da democracia” disse o general Heleno.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta