Raquel Dodge quer inquéritos de Gleisi na Justiça comum

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, pediu hoje ao STF que quatro inquéritos da Lava Jato sejam encaminhados para a Justiça comum.

Os casos envolvem os políticos Gleisi Hoffmann, Romero Jucá, Eduardo Cunha e Antônio Anastasia, e todos eles envolvem recebimento de propina em troca de favores.

Relacionados:  Witzel aciona STF para tentar escapar de impeachment

Para Raquel, não há indícios de uso do dinheiro em eleições ou crime eleitoral, ou seja, Justiça comum neles!

Com informação dO Antagonista.