Raquel Dodge quer inquéritos de Gleisi na Justiça comum

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, pediu hoje ao STF que quatro inquéritos da Lava Jato sejam encaminhados para a Justiça comum.

Os casos envolvem os políticos Gleisi Hoffmann, Romero Jucá, Eduardo Cunha e Antônio Anastasia, e todos eles envolvem recebimento de propina em troca de favores.

Relacionados:  Heleno alerta: “Pedido de apreensão de celular do presidente é inconcebível; poderá ter consequências”

Para Raquel, não há indícios de uso do dinheiro em eleições ou crime eleitoral, ou seja, Justiça comum neles!

Com informação dO Antagonista.