Van Hattem: “Se o ministro não está envolvido, por que a censura?”

O deputado federal Marcel van Hattem chamou a decisão de Alexandre de Moraes de “absurda”.

“Uma decisão absurda contra os únicos meios de comunicação que tiveram a coragem de apurar e repercutir um fato que passou em branco no restante da imprensa” disse van Hattem.

Para ele, a medida é um “cerceamento à liberdade de imprensa e uma ameaça a diretos consagrados pela Constituição”.

“É muito perigoso, depõe contra a Corte, contra os ministros, contra a democracia e contra o próprio combate à corrupção. Se o ministro não está envolvido, por que a censura? Quem não deve não teme. Ao silenciar o mensageiro, Toffoli piora a situação” acrescentou.

Com informação dO Antagonista.