STF proíbe veiculação de matéria da Crusoé que ligava Toffoli a codinome na Odebrecht

A revista Crusoé foi alvo de tentativa de censura por parte do Supremo Tribunal Federal.

A medida ocorreu após a revista denunciar que Dias Toffoli, presidente da Corte, estava, supostamente, presente em planilhas da Odebrecht, sob o codinome de “Amigo do amigo de meu pai”. Para fins de curiosidade, o codinome de Lula era “Amigo de meu pai”.

Na manhã desta segunda-feira, um oficial de Justiça, a mando do ministro Alexandre de Moraes, chegou na redação da revista e entregou a determinação do ministro, para que a reportagem seja “imediatamente” retirada do ar.

Além disso, a Polícia Federal foi colocada no caso para que os responsáveis pela matéria “prestem depoimentos no prazo de 72 horas”.

Com informação dO Antagonista.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

11 Comentários em STF proíbe veiculação de matéria da Crusoé que ligava Toffoli a codinome na Odebrecht

  1. erga omnes, é a ditadura da toga , impetrada por esses afilhados, vassalos, corporativistas e que em compadrio protegem seus pares, nesse aparelhado e corrupto STF.

  2. O stf proibiu ???
    O stf censurando???
    Eu “esperava ” de Bolsonaro .
    Nunca dos “defensores ” do estado democrático de direito.
    Kkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkk

  3. Mas afinal o TOFFOLI é o AMIGO DO AMIGO DO MEU PAI ou não é ????? Só quem pode fazer esta declaração é o Marcelo Odebrecht . A Revista está só publicando a denuncia feita por quem sabe das coisas . O que o Ministro Tóffoli falou sobre a denúncia ????

  4. Quem achava que a ditadura viria do governo militar do Bolsonaro, quebrou a cara. A ditadura está sendo imposta pelas VOSSAS EXCREMÊNCIAS togadas. Censura e ameaça de prisão é o que eles tem para o povo. CADÊ O CABO E O SOLDADO?

  5. Só fez passar atestado de culpa. Quem não d vê, não teme. Se não tem nada a esconder, porque tentar calar a imprensa? Vamos esperar pra ver a reação de nossos senadores.

  6. Viu o que dá colocar por indicação o cargo mais alto da justiça, se fosse por eleições era só afastar até que seja apurado todos os fatos. Liberdade aos jornalistas de verdade.

  7. Pelo jeitinho da coisa já estávamos em uma Venezuela, só faltava sacramentar, e ao que se vê os tais “togados”, estão fazendo o que podem neste sentido e como ainda temos um Congresso cheio de “cúmplices com o rabo preso”, se não houver uma forte medida contra por nosso Presidente eleito, vamos continuar emparedados, afinal, manifestações em desfavor do STF já fizemos e estamos fazendo, o que se pode fazer mais, finalizar com uma luta sangrenta entre irmãos brasileiros? É difícil, somos um povo pacifico, alem disso, entendemos que com a forte mudança que efetuamos nas eleições “bastaria” para por um ponto final, infelizmente o que se vê não é bem assim, será que existe uma solução nem que seja a longo prazo? Eu, particularmente em se tratando de nosso país, não tenho lá muitas esperanças, continuo vendo só merdas no poder e o ventilador ligado na velocidade máxima, dai, a máxima de portugueses “muda-se de padaria mas o ladrão é o mesmo”, um ditado antigo que serve bem para o Brasil a partir de 1988, mais especificamente.

Deixe uma resposta para Marcelo Florentino Leite Cancelar resposta