Polícia Federal aponta repasses de R$ 1,5 milhão da Odebrecht para Rodrigo Maia e seu pai

A perícia da Polícia Federal apontou a existência de comunicação entre a empreiteira enrolada na Lava Jato Odebrecht e o presidente da Câmara Rodrigo Maia.

No relatório, a PF aponta repasses que somados chegam a R$ 1,5 milhão para codinomes associados a Rodrigo Maia e seu pai César Maia.

Relacionados:  "Retiram do contexto três ou quatro mensagens e preenchem páginas e páginas com conjecturas e insinuações"

O STF já recebeu o relatório e acompanhado dele um pedido feito pela PGR para que o inquérito envolvendo Rodrigo e seu pai seja prorrogado.

Com informação da Folha.