Lava Jato quer aumento de pena de Lula em caso do sítio de Atibaia

Procuradores da Lava Jato se movimentam para solicitar ao TRF-4 que a pena de Lula seja aumentada no caso do sítio de Atibaia.

A pena atual, de 12 anos e 11 meses, foi decidida pela Juíza Gabriela Hardt, e leva em conta três crimes de corrupção e dois de lavagem de dinheiro.

No entanto, para os procuradores, os contratos ilegais foram realizados pelas empreiteiras e pela Petrobras de “modo autônomo, por meio de procedimentos licitatórios diversos, que envolveram diversos acertos de corrupção dentro das especificidades de cada contrato”.

O Antagonista informa que o TRF-4 irá analisar o pedido.