Flávio Bolsonaro apresenta projeto que endurece a lei para ‘arrastão’

O senador Flávio Bolsonaro apresentou um projeto que visa dificultar a vida de criminosos que praticam arrastão nas cidades brasileiras.

As penas variam de 06 a 12 anos de prisão, porém, caso o crime resulte em morte, a sentença aumenta para entre 20 e 30 anos de cadeia.

“É um crime comumente praticado em locais abetos ao público, como praias e shoppings centers, por um grupo de criminosos que, valendo-se do elemento surpresa, furtam ou roubam o público presente no local, por meio de ações múltiplas, coletivas, continuadas, rápidas e com emprego de violência ou ameaça intimidadora”, diz o senador no projeto.

Excelente medida que certamente, com a devida punição aos criminosos, trará proteção aos cidadãos brasileiros.

Com informação dO Antagonista.