Após censura do Cinemark, documentário sobre 1964 alcança 500.000 visualizações no youtube em poucas horas

O documentário intitulado “1964 – O Brasil entre armas e livros” produzido pelo Brasil Paralelo, em poucas horas já atingiu mais de meio milhão de visualizações em poucas horas.

O filme foi alvo de censura da Rede Cinemark, que chegou a exibir o título mas depois voltou atrás e emitiu uma nota considerando a exibição “um erro”.

Na terça-feira (2), o filme foi então postado no canal oficial do Brasil Paralelo no YouTube e em pouquíssimo tempo atingiu 536.029 visualizações (no momento em que a matéria foi escrita).

 

3 Comentários em Após censura do Cinemark, documentário sobre 1964 alcança 500.000 visualizações no youtube em poucas horas

  1. Muito Bom o filme recomendo a todos, não tem tanto cunho politico como foi vinculado é uma narrativa desde o período pós segunda guerra mundia, passando pela guerra fria conflitos internacionais da época, guerra das coreia, o murro de Berlim (murro da vergonha) narrando de forma cronológica os fatos e acontecimento ocorridos no Brasil, culminando no que vemos hoje uma sociedade doutrinada a esquerda com destruição dos pilares sociais, educação, família e culto religioso.

Deixe uma resposta