Artistas silenciam após Haddad ser condenado por impulsionamento de fake news

Parece que, mais uma vez, o feitiço se virou contra o feiticeiro.

Até muito recentemente, mesmo que nenhuma prova tenha sido apresentada, era comum que artistas de esquerda e até mesmo políticos atribuíssem a digna vitória de Jair Bolsonaro ao WhatsApp. Essas personalidades com o entendimento de mundo completamente enviesado e altamente inclinado para a esquerda frequentemente, incapazes – ou fazendo vista grossa – de entender a verdade acusavam o cidadão que elegeu o presidente de ser um criminoso escondido atrás de uma tela.

Agora, conforme o República de Curitiba noticiou, Haddad foi condenado por impulsionamento de fake news contra Jair Bolsonaro durante a campanha. E claro, esses artistas, intelectuais e políticos, não só resolveram ignorar o assunto como também sumiram. Parece que soltaram a mão.

 

9 Comentários em Artistas silenciam após Haddad ser condenado por impulsionamento de fake news

    • Tem video no youtube da dilma em buenos aires, logo após a vitória do Bolsonaro, contando essa história para justificar a derrota petista (inclusive a dela) aos compañeros do encontro esquerdista que ela foi com nosso dinheiro. Cômico se não fosse trágico e desrespeitoso ao povo brasileiro.

    • Gente o que pensam o pessoal da Cut? A desculpe eles pensam? Jean Wyllys é um imbecil sem caráter que fugiu do Brasil e passa 24 hora por dia falando mau do Brasil, e por consequência do povo brasileiros. Afinal foram 58 % da população que elegeram o Bolsonaro. Vamos acabar com hipocrisia e deixa o Presidente governar. Quem Jean Wyllys? Um imbecil. Eu me sinto um imbecil porque na epoca do BBB votei nesta figura abjeta.

  1. Não quero nem imaginar quando a “ZELOSA” justiça condenar o outro candidato. Acredito que a sentença ainda não saiu devido ao volume de ações e a condenação deve ser exemplar e levá-lo a falência. Aguardemos!

Deixe uma resposta