Márcia Braga, capitão-de-corveta brasileira ferida em missão de paz no Saara, será homenageada em Nova York

Márcia Braga, capitão-de-corveta brasileira que foi ferida em uma missão de paz da ONU no Saara será homenageada em Nova York.

Segundo O Globo, o ataque ocorrido em maio de 2018, além de Márcia Andrade Braga, também feriu o tenente-coronel Carlos Henrique Martins Rocha, que teve traumatismo craniano. Os ferimentos foram causados por um conflito com moradores de um bairro muçulmano de Bangui, capital da República Centro-Africana.

Alexandre Garcia comemorou a homenagem a ser recebida por Márcia.

Disse ele: “Mais uma heroína brasileira: capitão-de-corveta Márcia Braga, ferida o ano passado em missão de paz da ONU no Saara, agora indo a Nova Iorque para receber homenagem das Nações Unidas.”

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta