Justiça condena promotor que chamou Lula de “encantador de burros”

A justiça de São Bernardo do Campo resolveu condenar o promotor Cassio Roberto Conserino a pagar R$ 60 mil de indenização por danos morais a Lula.

O motivo foi uma postagem de Facebook na qual o promotor chamou o petista de “encantador de Burros”.

O juiz afirmou, em decisão, que percebeu a “nítida intenção calculada e provocativa de humilhar, menoscabar e desprezar, (…) , já que a figura do ‘burro’ é notoriamente associada à falta de inteligência”.

Relacionados:  Petista surta e confessa de onde vem o grito "fora Bolsonaro"

Com informações dO Antagonista