Delação da OAS e prisão de Temer são indícios de que Dilma pode ser a próxima

Conforme noticiado pelo República de Curitiba, a prisão de Michel Temer causou pânico no PT. E não foi pouco, pois os maiores nomes do partido, incluindo Lula, saíram em defesa do suposto ‘rival golpista’.

Somando isso ao fato de que a OAS entregou Dilma sobre os esquemas envolvendo obras do DNIT na gestão Lula, quando Dilma era ministra da Casa Civil, e tinha, segundo o Estadão, amplo conhecimento do esquema, temos o cálculo exato que pode estar tirando o sono da petista.

O jornalista Guilherme Fiuza ironizou a questão no Twitter: “Urgente: testa de ferro do maior assalto da história, Dilma Rousseff, a PasaDilma, continua à solta – numa boa e falando pelos cotovelos. Segundo especialistas, os justiceiros da nação foram hipnotizados pelo charme pessoal da mulher sapiens.”

Com informação do Estadão e dO Antagonista.

5 Comentários em Delação da OAS e prisão de Temer são indícios de que Dilma pode ser a próxima

Deixe uma resposta para getulio valdemar rysdyk Cancelar resposta