PGR quer abertura de 18 investigações de membros do PT e MDB

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitou ao STF a abertura de 18 investigações sobre deputados federais e senadores do PT, MDB e do PROS.

Todos os investigados são suspeitos de receber propina em contratos da Petrobras. No entanto, os nomes não foram citados, pois os processos seguem em segredo de Justiça.

Alguns dos inquéritos, conforme solicita a PGR, deverão ser enviados à primeira instância da Lava Jato no Paraná e no Rio de Janeiro, pois é relativa a pessoas sem foro privilegiado, e que não será enviado, ao menos por enquanto, nada a Justiça Eleitoral, pois não se sabe se os recursos ilegais foram usados em campanha ou não.

“As indicações de declínio de competência feitas nesta fase investigatória [inquérito] têm base em juízos aparentes, incipientes e precários da participação de pessoa com ou sem foro com prerrogativa ou de elementos do tipo penal investigado, para o processamento do feito, e que o reconhecimento da competência judicial para processar e julgar a ação penal será feito no momento processual oportuno”.

Com informação dO Antagonista.

1 Comentário em PGR quer abertura de 18 investigações de membros do PT e MDB

Deixe uma resposta