Embaixadora brasileira detona Jean Wyllys em plena ONU

Nesta sexta-feira, o ex-bbb Jean Wyllys esteve na ONU para falar sobre aquilo que sempre faz, acusações vazias que tentam ligar Bolsonaro e sua família ao assassinato de Marielle Franco.

No entanto, a embaixadora brasileira, Maria Nazareth Farani Azevedo, numa atitude bastante correta e certeira se negou a ouvir o que o psolista tinha a dizer e iniciou os movimentos para se retirar do local.

Neste momento, Jean Wyllys perdeu a compostura e dotado de bastante arrogância, tentou impor seu modo autoritário e agressivo numa clara tentativa de fazer com que Nazareth também perdesse a paciência., o que não aconteceu.

Segundo informação da Folha, a embaixadora respondeu aos ataques de Wyllys dizendo: “Bolsonaro não abandonou o Brasil, mesmo depois de ter levado uma tentativa real de tirar sua vida”.

Agora, convido os leitores a fazerem uma reflexão, percebam como o psolista Jean Wyllys trata uma mulher que é embaixadora da Nação. Imaginem qual seria a reação dos esquerdistas e da ‘extrema-imprensa’ se o mesmo episódio tivesse sido protagonizado por Bolsonaro ou algum de seus filhos.

Assista:

Com informações da Folha e do UOL