Em prantos, professora denuncia perseguição por não apoiar o PT em escola

Uma professora, não identificada, talvez por motivos óbvios, relatou um caso bastante perturbador na educação brasileira.

No vídeo, ela denuncia o fato de estar sendo perseguida, além de ter sido humilhada por colegas de trabalho e sindicalistas após se negar a falar sobre o Partido dos Trabalhadores em sala de aula.

A professora ainda explica que, por conta das perseguições que seguiram ocorrendo por 4 anos, ela chegou a passar necessidades e dependeu de amigos para sobreviver. Um fato bastante chocante é o fato de uma de suas colega estar constantemente  carregando uma pasta com materiais do partido, porém impossibilitada de fazer reclamações na escola ela se calou até a exaustão, foi quando decidiu processar a colega e ganhou a ação.

Assista:

1 Comentário em Em prantos, professora denuncia perseguição por não apoiar o PT em escola

Deixe uma resposta