Dos 13 casos que embasam a CPI Lava Toga, 5 foram protagonizados por Gilmar Mendes

O senador Alessandro Vieira, autor da proposta da CPI Lava Toga, reuniu 13 motivos concretos a serem investigados na CPI. Mas o mais surpreendente é que Gilmar Mendes aparece em 5 delas.

Dentre eles foram citados casos como: “Participação de ministros em julgamentos para os quais se encontrariam impedidos, como os casos de decisões da lavra do Ministro Gilmar Mendes no Tribunal Superior Eleitoral em causas em que advoga para uma das partes Guilherme Regueira Pitta, membro do Escritório de Advocacia Sérgio Bermudes, do qual sua esposa, Guiomar Feitosa Lima Mendes, é integrante na condição de sócia.”

“Concessão liminar de ordem em Habeas Corpus 146.166 MC/RJ pelo Ministro Gilmar Mendes em favor do empresário Jacob Barata Filho, com o qual possui relação pessoal, sem que este tenha se declarado suspeito, precisamente para substituir a prisão preventiva por medidas cautelares diversas da prisão. A Decisão foi prolatada em 17.08.2017. Em 21.08.2017, o Procurador-Geral da República arguiu a suspeição, o impedimento e a incompatibilidade do Ministro Gilmar Mendes para prestar jurisdição no processo de referido HC”.

E claro, o episódio envolvendo Paulo Preto: “Procedimentos decisórios diametralmente opostos para situações análogas, de lavra do Ministro Gilmar Mendes. A primeira, no caso de Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto, datada de 13/02/2019, para conceder a ordem de Habeas Corpus (167.727/SF), com supressão de instância, violação ao entendimento sumulado nº 691 do STF e ao princípio da colegialidade, com o agravante de que o ex-Senador Aloysio Nunes entrou em contato dias antes com o Ministro Gilmar Mendes para beneficiar Paulo Preto, segundo informações obtidas em seu celular, apreendido na 60ª fase da Operação Lava-Jato. A segunda, proferida em 15/08/2018, no caso de Roney Ramalho Sereno (HC 160.525/DF), denegou o pedido, sob os mesmos fundamentos.”

A CPI, em seu retorno, já conta com 21 assinaturas para ser aberta. Só faltam 6 para que o Brasil possa apurar o que acontece de errado no Judiciário.

Com informação dO Antagonista.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

3 Comentários em Dos 13 casos que embasam a CPI Lava Toga, 5 foram protagonizados por Gilmar Mendes

  1. Ao que tudo indica não adiantou a renovação dos deputados e senadores, se faltam seis assinaturas com tantos representantes no Congresso, parece que a merda vai continuar de vendo em popa e nós brasileiro como sempre “ferrados” não importando a quem elegemos, é uma putaria que só teve inicio mas ao que parece nunca terá fim.

Deixe uma resposta