Mourão desmonta tentativa da ‘extrema-imprensa’ de criar briga interna no governo

O vice-presidente Hamilton Mourão desmentiu as tentativas da imprensa de imputar uma briga das alas militares contra Olavo de Carvalho.

Disse o general: “Em primeiro lugar, não tem área militar. Tem alguns militares que foram designados pelo presidente para funções. Cada um está zelando pela sua área”.

Outro ponto importante, já esmiuçado diversas vezes pelo próprio filósofo, é o de que ele, Olavo, não o ‘ideólogo’ do governo, sendo sim, responsável pelo desenvolvimento do pensamento de direita e conservador no Brasil, mas negando a carga que a imprensa tenta por vezes empurrar para as costas do pensador.

Mourão minimizou a influencia de Olavo no comportamento do ministro Ricardo Vélez: “Não sei até que ponto existe essa influência. (…) Tem ocorrido alguns problemas que vocês já olharam, a questão do hino nacional, outras coisas que suscitaram polêmica, então acho que ele está tentando organizar as coisas”.

Com informação dO Antagonista.