Governo brasileiro demonstra preocupação com segurança de Guaidó

Como o mundo todo já percebeu, de aliados a inimigos, Maduro é um sujeito que não gosta muito de ter rivais ou inimigos, e em diversas situações em que ele deteve o controle da situação, mandou reprimir, prender e até executar opositores. Bom, com Juan Guaidó a preocupação é ainda maior.

De todos os opositores que já se levantaram contra o tirano venezuelano, certamente Guaidó é o que mais ofereceu e oferece risco aos planos de Maduro. Por isso, o Ministério das Relações Exteriores divulgou uma nota em que manifesta a preocupação com a segurança tanto do presidente interino da Venezuela como a de seus familiares.

Diz o Itamaraty: “O governo brasileiro, ao rechaçar as intimidações e ameaças do regime Maduro contra o presidente encarregado da Venezuela, Juan Guaidó, e sua família, manifesta a expectativa de que sua volta à Venezuela ocorra sem incidentes e que os direitos e segurança do presidente Guaidó, seus familiares e assessores sejam plenamente respeitados por aqueles que ainda controlam o aparato de repressão do regime”.