Israel acusa ONU de apoiar grupo terrorista em Gaza

O embaixador israelense na ONU, Danny Danon, afirmou que a Organização atua “cega pelo ódio a Israel” e apoia um grupo “terrorista assassino”.

A declaração surgiu após uma comissão do Conselho de Direitos Humanos nas Nações Unidas acusar Israel de crimes de guerra por reprimir manifestações na Faixa de Gaza.

Relacionados:  PT repudia discurso de Bolsonaro na ONU e afirma que sua fala foi “maníaca e agressiva”

“Os países do mundo deveriam considerar sua filiação ao Conselho de Direitos Humanos, que apoia uma organização terrorista assassina” respondeu Danon, em franca referência ao Hamas.

E continuou: “Este Conselho está cego pelo ódio com Israel e com as Forças de Defesa de Israel e gasta seus recursos e seu tempo em ataques políticos e a estender mentiras”

Relacionados:  Grupo terrorista Hamas chama Flávio Bolsonaro de "filho de extremista"

Informação do Renova Mídia.