Bolsonaro diz que aceita conversar com Maduro, se o ditador estiver disposto a convocar eleições

Na manhã de hoje, no café com jornalistas, Jair Bolsonaro declarou que toparia conversar com Nicolás Maduro, se uma serie de garantias sobre a redemocratização da Venezuela for a pauta.

O presidente do Brasil afirmou que o ditador deve se comprometer com o processo de redemocratização, desde convocação de eleições livres, com observação internacional e participação ampla da oposição.

Esse é o exemplo que o Brasil deve dar.

Informação da TV Globo e dO Antagonista.