Lula nega ter ordenado que Boulos invadisse o seu tríplex no Guarujá

Em depoimento para a Polícia Federal, Lula negou que tenha ordenado que Guilherme Boulos invadisse o triplex no Guarujá.

O advogado de defesa, Manoel Caetano Ferreira, reafirmou que Lula “não incitou ninguém a invadir” o apartamento, mas, antes de ser preso, em 7 de abril de 2018, Lula declarou que estava sendo condenado “por um desgraçado de um apartamento” que não pertence a ele e que já havia pedido para Boulos “mandar o pessoal dele ocupar”.

Poucos dias após a declaração, 30 membros do MTST, grupo comandado por Boulos, invadiram o apartamento.

Informação do Renova Mídia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta