Esquerdistas ameaçam trabalhador que carregará Boneco de Olinda de Bolsonaro

O jovem de 22 anos, Natan Oliveira, que há 11 anos trabalha com bonecos de Olinda, está sofrente ameaças de esquerdistas.

“Sou apenas um trabalhador honesto. As pessoas precisam entender que é simplesmente um boneco. É a mesma coisa de quando era Dilma e Lula. Nada aconteceu” desabafou Natan.

A Embaixada dos Bonecos, entidade privada responsável pelo encontro dos bonecos até cogitou que Bolsonaro desfilasse somente em Recife. Mas voltou atrás: “Conforme havia dito, nós estávamos analisando o termômetro da situação para saber se ele desfilaria ou não em Olinda. Decidimos que sim. E vai acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro”, explica Leandro de Castro, responsável pela Embaixada.

“No Recife, é mais fácil, bem mais tranquilo. Em Olinda, há muitos blocos petistas” diz Natan. O jovem, porém, está entusiasmado e confirma que escolheu Bolsonaro nas urnas em outubro de 2018.

Assim funcionam os esquerdistas. Se auto proclamam defensores da democracia e da pluralidade, mas no fundo, não aceitam quem pense o contrário.

Informação da Folha.