Prefeito venezuelano de cidade da fronteira foge para o Brasil e denuncia execuções a mando de Maduro

O prefeiro Emilio González, que comandava a cidade de Santa Elena do Uairén, palco do caos neste fim de semana, resolveu fugir para o Brasil.

Segundo ele, que veio por trilhas no meio da mata, o regime de Maduro executou 25 pessoas neste fim de semana e feriu mais 84 em confrontos.

Relacionados:  Antes do fechamento da fronteira, venezuelanos correram comprar alimentos em solo brasileiro

Maduro precisa cair, e rápido.

Informações da Crusoé e O Antagonista.