Mesmo com mísseis e tanques apontados para o Brasil, PT se diz “solidário ao governo venezuelano”

Até que ponto vai o descaramento de organizações que fazem de tudo para apoiar o regime ditatorial de Maduro? Este mesmo ditador além de afetar negativamente seu próprio povo, decidiu desde ontem iniciar uma série de provocações ao Brasil.

São tanques de guerra e mísseis direcionados ao Brasil, medida que pode ser caracterizada como agressão internacional. No entanto, o PT com a companhia do PSB, CUT e MST resolveram lançar um “manifesto em solidariedade ao governo venezuelano”.

Relacionados:  Gleisi pede 'providências' sobre policial federal que usou "símbolo da polícia americana"

Segue abaixo um trecho:

“Denunciamos a intervenção imperialista dos Estados Unidos, com o bloqueio econômico e sequestro de bilhões de dólares que estão nos bancos americanos. Repudiamos a ameaça de intervenção militar na Venezuela. Repudiamos as declarações intervencionistas do presidente Jair Bolsonaro e seu chanceler Ernesto Araújo, que rompem com a tradição diplomática brasileira em busca da paz, diálogo e integração regional”

Relacionados:  Gleisi diz que segunda condenação de Lula foi para evitar que ele vença o prêmio Nobel da Paz

Com informação dO Antagonista