Alexandre Garcia pede que Leilaine seja condecorada

O sempre genial Alexandre Garcia usou sua conta no Twitter para pedir que Leilaine da Silva, a mulher que tentou salvar a vida do motorista de caminhão preso nas ferragens no acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat, seja condecorada.

Disse ele: “Está mulher merece uma exemplar condecoração dos novos tempos, presidente Jair Bolsonaro”.

O jornalista ainda aproveitou para citar que é “Hora de relembrar também da professora Heley, de Janaúba, que deu a vida para salvar crianças no fogo da creche.”

E encerrou com uma crítica ao comportamento do restante da população: “Muita gente preocupada em registrar no celular e poucos tentando prestar socorro. Uma mulher se destacou no socorro ao motorista do caminhão.”

Leilaine estava numa moto e viu o momento em que o acidente ocorreu, ela chegou a quebrar o vidro do caminhão com o capacete para tentar salvar o motorista.

“Eu acho que poderia ter feito mais alguma coisa e não me deixaram. Eu devia ter corrido lá e puxado ele. Só que agora que eu estou aqui e que eu já sei que não tinha mais como tirar ele de lá, porque explodiu novamente. Eu vejo que eu podia ter morrido junto com ele” desabafou a heroína. E continuou “Mas a minha intenção ali na hora era tirar ele de lá. Eu tinha que ter tirado ele de lá. Tinha que ter puxado para o meio da pista. O outro moço já tinha morrido” e concluiu “O helicóptero estava muito baixo, perto do viaduto. Se o helicóptero não tivesse caído em cima dele, ele tinha sobrevivido. Não tinha o que fazer, mas ele estava vivo”.

Com informações do G1.