Gilmar Mendes compara Receita Federal à polícia nazista

Em entrevista para o Estadão, o ministro Gilmar Mendes afirmou que a Receita Federal não pode se comportar como a Gestapo.

A Gestapo, em questão, foi a polícia nazista que se ocupou em torturar opositores do regime.

“A Receita não pode ser convertida numa Gestapo ou num organismo de pistolagem de juízes e promotores”, disse Gilmar. “Agora, se eles fazem isso com ministro do STF, o que não estarão fazendo com o cidadão comum?”.

Relacionados:  Herança petista: Salão de beleza recebeu R$ 73 milhões por serviços de tecnologia

Conforme noticiado anteriormente pelo República de Curitiba, Gilmar Mendes é alvo de investigações da Receita Federal.

Relacionados:  General Eduardo José Barbosa sobre Gilmar Mendes: “Ele é conhecido como o ministro que mais soltou corruptos”

Informações do Estadão e dO Antagonista