Justiça nega habeas corpus para engenheiros responsáveis por barragem de Brumadinho

O Tribunal Judiciário de Minas Gerais negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa dos dois engenheiros responsáveis pelo laudo que garantia a segurança da barragem de Brumadinho.

André Yassuda e Makoto Namba foram presos na terça-feira em São Paulo, e continuam detidos.

É o novo Brasil afastando o fantasma da impunidade.

Relacionados:  Dilma tenta faturar com tragédia em Brumadinho mas 'esquece' que ex-governo petista baixou nível de risco da barragem