Bolsonaro já despacha atos do governo da cama hospitalar

Após a cirurgia, Bolsonaro assumiu o cargo presidencial mesmo estando no hospital. Pelo menos na questão da saúde, chega ao fim ou quase isso, o atentado perpetrado pelo ex-militante de esquerda e ex-filiado do PSOL, Adélio Bispo, que ainda é investigado, juntamente com seu advogado, com o objetivo de encontrar o mandante do crime.

A foto acima é um forte exemplo de como os quase 58 milhões de brasileiros que o elegeram estavam corretos sobre ter um presidente honesto e patriota.

O Brasil ficou bem mais tranquilo quando a equipe do Albert Einstein soltou a nota pós cirurgia afirmando que Bolsonaro já estava clinicamente estável, e fica mais tranquilo novamente, ao ver a foto do Presidente da República despachando diretamente do hospital.

 

6 Comentários em Bolsonaro já despacha atos do governo da cama hospitalar

  1. A Redação deste Texto, reflete, com exatidão como nos sentimos, com a notícia e foto de nosso Presidente. Acabei de digitar sobre isso, em sua publicação.

  2. Parabéns Presidente! Qual presidente faria isto , mesmo hospitalizado não deixa suas responsabilidade. Melhoras fique com Deus…

  3. Estamos radiosos por ver o nosso abençoado Presidente,meu( xará) Bolsonaro, em plena restauração de sua preciosa saúde,graças a Deus e as nossas orações,podemos contempla-lo nesse leito hospitalar,já empunhando sua famosa caneta BIC,despachando os Atos desse Novo Governo ! Com alegria e glórias ao nosso Deus ,o cumprimentamos !

  4. Ele esta realmente cumprindo as suas promessas de campanha, únicas promessas que não foram mentirosas conforme todos os seus anteriores Presidentes o faziam. Me recordo que sempre fui assim a vida toda, até me prejudiquei quando executivo por deixar de terminar o curso de Bacharelado de Direito para atender meu empregador em situação difícil e atentar a minha saúde. Como os comentaristas acima só temos que louvar as suas atitudes e rezar que se restabeleça de vez.quanto a sua saúde, pelo menos eu não gostaria de prescindir DELE como Presidente, primeiro, porque fui contra a abertura politica e depois, trabalhando como contabilista e administrador, nunca vi tanta merda dos órgãos públicos neste período de 1985 a 2018, mau gestores que nos foram impostos por pura conveniência e desrespeito aos que elegeram os políticos que grande parte ainda permanece no Congresso e fora dele, eleitos pelo povo que acreditavam em suas vãs promessas e os elegeram e estes permitindo e inclusive elaborando leis de proteção a bandidos, sendo coniventes e corruptos. Valha-me Deus, ao que tudo indica vou morrer feliz pelo retorno da transparência, honestidade e moralidade.

Deixe uma resposta