CUT afirma que Jean Wyllys é o primeiro exilado político do Governo Bolsonaro

Um dos braços do Partido dos Trabalhadores, a Central Única dos Trabalhadores, CUT, tratou de informar a renúncia do psolista Jean Wyllys como “exilado”.

Jean Wyllys esteve sempre acompanhado de escolta policial desde março de 2018, porém conforme informou o ministro da Justiça Sergio Moro, foram abertos diversos inquéritos para apurar as ameaças contra Wyllys, tendo convertido algumas investigações na prisão de Marcelo Valle Siqueira Mello, acusado de ameaçar e ofender o psolista.

Conforme noticiado pelo República de Curitiba, o senador José Medeiros entrou com um pedido de investigação na Polícia Federal e no Ministério Público para apurar uma possível venda do mandato de Jean Wyllys para David Miranda, o maior beneficiado da situação.

11 Comentários em CUT afirma que Jean Wyllys é o primeiro exilado político do Governo Bolsonaro

  1. Exilado político porra nenhuma,esse baitola deve ter se apaixonado por um gallego que fez ele morder a fronha com mais pressao,ai sim,por amor a uma rola ele resolveu ir embora do Brasil,ja vai tarde,bichona em decadencia,devia levar o Lula junto ja que disse ama-lo,no Brasil precisamos de homems de carater e nao de pessoas com espirito de moleque que quando sr confrontado e capaz de cuspir em seus opositores,va e nao volte NUNCA mais o BRASIL nao sentirá sua falta,deputadozinho de merda.

  2. Risível !!! Rsssssssss
    Isso não cola não ! O Mundo sabe que o Brasil é uma democracia e o Mundo também sabe que os amiguinhos da esquerda brasileira estão acabando com a Venezuela !

  3. Se é o primeiro não será o ultimo, vai porque quer e será linchado onde tiver aqui se faz aqui se paga tem que rezar quem planta colhe em qualquer lugar que foi ferido não tem tempo a perder com bandido esse mentiroso além de viado é atrevido acovardado sem noção para esses tipinhos de vermes não tem perdão nem aqui na terra no céu nem nos infernos

  4. Este verme, nunca será exilado.
    Ele está fugindo das merdas que fez no Brasil.
    Juro para vcs, da 30 anos, estaremos aqui tbm desmentindo esta narrativa.

    Nossos filhos e nossos netos saberão, o que a esquerda tentou fazer no Brasil.

Deixe uma resposta