Assessora de deputado do PSOL depositou 70% do salário em conta de chefe de gabinete

Eliomar Coelho do PSOL, deputado estadual no RJ, é um dos 27 investigados por improbidade administrativa.

Uma das assessoras do psolista, Maria Teresa Avance de Oliveira, recebeuR$ 87 mil em 13 meses. No entanto, quase 70% de seu salário, R$ 60 mil foi depositado na conta de Eduardo Augusto Botelho, chefe do gabinete de Eliomar.

O deputado justificou dizendo que o depósito se deu no “âmbito privado”.

Não é a primeira vez que Eliomar se envolve em polêmicas. Em 2014 foi alvo de ataques de defensores de animais por ser um “ferrenho defensor da escravidão de cavalos” conforme informa o site Voto Animal.

Informação dO Antagonista e do Voto Animal.