Paulo Martins detona esquerdistas ‘escandalizados’ com General na presidência

Com a viagem de Bolsonaro para representar o Brasil no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, seu vice, Hamilton Mourão se tornou o primeiro indígena a presidir o país.

Mais do que isso, Mourão é também o primeiro General a assumir o poder presidencial desde 1985, e claro, isso não agradou os esquerdistas.

O deputado federal Paulo Martins usou sua conta oficial no Twitter para detonar os esquerdistas que se escandalizaram com o comando temporário de Hamilton Mourão.

Disse ele: “Tem esquerdista escandalizado pelo fato do Brasil, neste momento, ser presidido por um general. Eu juro que entendo o drama dessa gente. Eles têm saudade de quando a presidência era ocupada por uma terrorista. Questão de referência.”