Caixa-preta do BNDES: Odebrecht recebeu mais de R$ 40 bilhões em repasses

Nesta sexta (18) foi aberta a caixa-preta do BNDES, todo o Brasil aguardava ansiosamente para confirmar aquilo que todo mundo já sabia. A farra com o dinheiro público.

Conforme noticiado pelo República de Curitiba, entre os 50 maiores beneficiados estão grandes empresas e Estados brasileiros.

Só a Odebrecht, recebeu mais de 18 bilhões em financiamento.

Outra questão revelada, foram os repasses de apoio à exportação brasileira para obras no exterior, no qual a Odebrecht liderou com mais de R$ bilhões em repasses.

Segundo Renova Mídia, a soma dos contratos é:

Angola: US$ 2.440.862.832 divididos em 43 contratos válidos*;
Argentina: US$ 1.809.428.525 em 6 contratos válidos*;
Equador: US$ 200.058.688 em 2 contratos;
Guatemala: US$ 167.774.179 em 1 contrato;
México: US$ 89.993.751 em 1 contrato;
Moçambique: US$ 124.073.950 em 2 contratos;
Peru: US$ 289.528.302 em 1 contrato;
República Dominicana: US$ 926.739.334 em 14 contratos;
Venezuela: US$ 768.725.271 em 3 contratos válidos*.
TOTAL: US$ 6.817.184.770 ou, na cotação atual (R$ 3,74), R$ 25.496.271.039,80.
*Em certos contratos, nenhum valor foi desembolsado, por isso não entraram para a conta de “contratos válidos”.

 

2 Comentários em Caixa-preta do BNDES: Odebrecht recebeu mais de R$ 40 bilhões em repasses

Deixe uma resposta