Miriam Leitão dá o braço a torcer e reconhece o preparo e capacidade do General Santos Cruz

Em uma recente entrevista, o General Santos Cruz foi tão certeiro e preparado, que até a jornalista Miriam Leitão deu o braço a torcer e teceu diversos elogios sobre a capacidade do General.

A matéria, que foi publicada no jornal O Globo, se inicia com uma breve biografia de Santos Cruz que “teve uma carreira impressionante no Exército, no Brasil e no exterior. Viveu oito anos fora do país, nos Estados Unidos, na Rússia, na África. Comandou na ONU forças de paz e tropas em ofensiva de guerra. Durante a operação militar no Congo, dava entrevistas frequentes para as grandes redes de televisão do mundo. Órfão desde muito cedo, e sem qualquer parente nas Forças Armadas, ele é a prova da capacidade de formação de quadros do Exército brasileiro”.

Durante a entrevista, Santos Cruz falou sobre o MST e as invasões de terra, e explicou o motivo de ser tão contrário à prática do movimento. Para ele, não é possível nem correto que alguém simplesmente catalogue uma propriedade como improdutiva. “Improdutiva no conceito de quem? O problema é quem classifica.”

“Sobre sua trajetória pessoal, o ministro contou que estudou em escola simples, de madeira, mas com excelentes professores. Que nada recebeu de herança dos pais, exceto o essencial: “prateleiras cheias de livros”, diz o último parágrafo do texto.

Informação do O Globo.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Siga-nos no Facebook

2 Comentários em Miriam Leitão dá o braço a torcer e reconhece o preparo e capacidade do General Santos Cruz

  1. IMPRESSIONANTE… ESSA COMUNISTA FALAR A FAVOR DE UM MILITAR, POIS SÓ FAZ COMENTÁRIOS CONTRA, NÃO GOSTA DO BOLSONARO E FOI IMPLACÁVEL NOS BASTIDORES DA GLOBO CONTRA O MESMO, AFFF DEVIA ERA SER DEMITIDA! #ptnuncamais

  2. Conheci e estive sob as ordens dele em 1.975. 1º Ten. Santos Cruz. !!! Barra pesada. Atira muuuuito. Corre arrastando a Cia.
    Mas,… não nada muito bem não. rsrsrsrsr

Deixe uma resposta