Gleisi quer ‘representar o Brasil’ na posse de Maduro

De malas prontas, a petista Gleisi Hoffmann estará neste dia 10 em Caracas para a cerimônia de posse do ditador Nicolás Maduro.

Em nota, a presidente do PT disse que irá para a Venezuela “para mostrar que a posição agressiva do governo Bolsonaro contra a Venezuela tem forte oposição no Brasil e contraria nossa tradição diplomática”.

A petista ainda afirmou que reconhece “o voto popular pelo qual Nicolás Maduro foi eleito, conforme regras constitucionais vigentes, enfrentando candidaturas legítimas da oposição democrática”.

Assim age o PT, boicota a cerimônia presidencial em seu próprio país, mas não abre mão de ‘prestigiar’ a tomada de poder por parte de um ditador comunista.

Informação dO Antagonista.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

10 Comentários em Gleisi quer ‘representar o Brasil’ na posse de Maduro

  1. ESSE ERA O SONHO DA QUADRILHA, SE ETERNIZAR NO PODER TRANSFORMAR O
    BRASIL NUMA DITADURA COMUNISTA COM O MAIOR LADRÃO DO SECULO COMO
    DITADOR, GRAÇAS AOS HONESTOS QUE AINDA SÃO MAIORIA ABORTAMOS OS
    PLANOS MALÉFICOS DESSE BANDO DE CORRUPTOS QUE AFUNDARAM O BRASIL
    NA LAMA. ACHO QUE ESSA VÁDIA DEVE IR E FICAR NA VENEZUELA.

  2. Até quando a justiça vai deixar essa mercenária criminosa comunista impune?… E ainda ousa dizer mentiras em nome dos brasileiros, para defender comunistas como Maduro e o seu amante presidiário podre, que já deveria estar desfrutando da companhia dela em sua cela há muito tempo, isso sim, é uma injustiça para com ele, que já está preocupado em saber que ela vai à Venezuela, e, certamente, Maduro vai abatê-la antes dele, e ainda, como ela gosta, na alcova palacial e em leito presidencial, ficando ele com a rebarba da repescagem, quando ela retornar para seus braços, quem sabe em caráter definitivo, por força condenatória judicial, queira Deus, para comemorarem, no famoso e romantico “Curitib@’s Presidential Presidyumns”, love’s forever!…

Deixe uma resposta