Em discurso de posse, Bolsonaro agradece a Deus e promete o fim da submissão ideológica

Durante o discurso de posse, Bolsonaro agradeceu a Deus e a equipe da Santa Casa de Juiz de Fora, os quais “operaram um verdadeiro milagre” segundo o próprio Presidente, e também prometeu o fim da submissão ideológica, que carregou o Brasil para o buraco.

Bolsonaro também declarou, novamente, que não irá trabalhar com o famoso “toma lá, dá cá”, sistema de troca que facilitou em muito a corrupção institucionalizada no legislativo e nas indicações para cargos por parte do executivo em mandatos anteriores.

Bolsonaro apresenta sua proposta para o Brasil, respondendo ao apelo da grande maioria dos cidadãos que o apoiaram e o apoiam.