Fachin homologa delação que atinge Renan Calheiros em cheio

Jorge Luz, antigo lobista e operador do MDB, e seu filho Bruno tiveram suas delações homologadas pelo ministro Edson Fachin do STF.

Jorge, em depoimento à PGR, já havia relatado pagamentos milionários de propina a Renan Calheiros e seu grupo político, conforme relata O Globo.

O acordo de delação, que foi homologado no fim do mês de novembro, acaba por se tornar um grande obstáculo para os planos de Renan de se tornar presidente do Senado.

Após a homologação, Fachin já autorizou Bruno, atualmente preso na carceragem da PF em Curitiba, a sair temporariamente para passar o Natal em casa. Seu pai, Jorge Luz, já encontra-se em prisão domiciliar por conta de problemas de saúde. Ambos haviam sido presos em fevereiro de 2017 na 38ª fase da Lava Jato.

Informação do O Globo.

Precisamos da sua ajuda. Contribua com o trabalho da República de Curitiba: clique aqui

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta